Notícia

BMW aposta em fim de câmbio manual e de caixas de dupla embreagem

Publicado: 25 de abril de 2017 - Por: Redação

Apesar de ser da preferência dos mais puristas, o câmbio manual está prestes a ser abolido – pelo menos é o que acredita Peter Quintus, vice-presidente de vendas e marketing da divisão M, da BMW. Ainda de acordo com executivo, deve acontecer em breve a extinção, também, dos câmbios de dupla embreagem (no caso da BMW, os DCTs), hoje utilizados em modelos como o M3 e M4.

"A vantagem das trocas de marchas mais rápidas desapareceu à medida que as transmissões automáticas ficaram melhores e mais inteligentes", disse Quintus. Somente para efeito de curiosidade, as caixas com trocas manuais são utilizadas em carros como o Viper ACR e Corvette Z06, de aproximadamente 650 cv. Sem ir tão longe, há uma grande gama de modelos entre 550 e 570 cavalos funcionando com uma manual. Versões da Lamborghini Gallardo e do Vanquish V12 são apenas alguns exemplos. Apesar disso, Quintus acredita que "o limite é na casa dos 450 cv e pouco mais de 60 kgfm de torque" – se referindo aos câmbios manuais.

BMW aposta em fim de câmbio manual e de caixas de dupla embreagem

Seguindo por essa lógica, o executivo finaliza revelando que os próximos BMW M3 e M4, provavelmente, não terão opção de câmbio manual. Isso pode indicar um pulo de potência, saindo dos atuais 431 cv e ultrapassando os 450 cv.

Bmw Câmbio Manual DCT M3

Notícias Relacionadas